Resenha: Perdão, Leonard Peacock

"Não pode existir sem uma explicação? Por que precisamos atribuir significado à arte? Precisamos entender tudo? Talvez a arte exista para evocar sentimentos e emoções. Ponto final. Não para significar alguma coisa"

E cá estamos nós com mais um livro do projeto, que sairia em agosto o/
Mês passado eu li muitos títulos bons que me prenderam do começo ao fim de uma maneira que fiquei inspirada em ler mais e mais e acabou que fiquei com esse impasse: Qual escolher para o de agosto?
Foi realmente difícil, eu quase optei pelo O Oceano no Fim do Caminho (que virou um dos preferidos também, Lettie <3) mas acabei por escolher Perdão, Leonard Peacock por motivos que contarei daqui a pouco, prometo!

Então vamos lá! vamos lá junte-se a nós, dê a sua mão é melhor assim... Vamos lá, vamos lá, como dói dizer "eu te amo mais tudo tem, tem que ter um fim" la la la la la Ignorem isso. Vou até ouvir a abertura de Tokyo Mew Mew depois dessa, já que sentido a gente não vê por aqui xD


Para ver as demais postagens, clique aqui



Perdão, Leonard Peacock

No dia de seu aniversário, Leonard está decidido em matar o seu ex-melhor amigo e depois, se matar, utilizando a P-38 uma arma nazista de seu avô. Mas antes de partir, ele deseja presentear as quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto.
A cada encontro com essas pessoas a história vai se aprofundando e os motivos de Leonard começam a aparecer.
Autor: Matthew Quick
Editora: Intrínseca
224 páginas


A história é narrada em primeira pessoa e com várias notas de rodapé onde os pontos da história são mais aprofundados. No começo eu fiquei meio incomodada com eles, pois tinha uns que continuavam na próxima página e eu não me liguei nisso no começo, ai ficava "mas como isso acabou assim?" e só vi depois que já tinha lido outras coisas iauhsiua mas fora isso, eu devorei esse livro.


Em algumas partes da história aparecem "Cartas para o futuro" e admito que queria pular elas, eu queria seguir a história, não ler sobre um futuro fictício criado por Leonard (que era bem legal, diga-se de passagem) e só mais pra frente que descobri o motivo para elas. E mesmo assim, fiquei feliz por não terem tantas haha


Leonard me prendeu. Eu não sei explicar bem, só sei que me identifiquei muito com ele na forma com que pensava, como via o mundo e como questionava as coisas. Foi muito legal ver os pontos dele e me ver ali <3 não, eu não sou suicida. Eu não tenho motivos, mas Leonard tem, e o motivo para ele querer se matar foi bem óbvio pra mim, mas foi muito, muito bem desenrolado no decorrer da história. De modo que aos poucos as coisas vão se encaixando e você fica com mais e mais vontade de saber!


Com isso você conhece o personagem aos poucos também, e querendo saber mais e mais. Fica com raiva (eu pelo menos fiquei) da mãe dele, da situação em que ele chegou,... E ah! Eu terminei querendo mais e não tinha! E há quem diga que é uma leitura pesada sobre tratar de suicídio, depressão, assassinato, relacionamentos, (quase escrevi o final aqui haha mas li antes e tirei u.u) e até de questões religiosas. Então se você é desses que não quer saber sobre questionamentos da vida, seja sobre pontos religiosos ou qualquer coisa: não leia.




No mais, é um ótimo livro, terminei desejando ser amiga de Leonard.


Usei minha irmã de cobaia nas fotos haha. Eai, você já leu esse livro? Se não, leria ou ficou curioso? Adoraria saber ^^

Peixinhos bem lindinhos!


12 comentários

  1. Parece interessante, atualmente estou lendo o futuro da humanidade, para depois ler um que tenho de moda. Mas já coloquei o nome desse ai na lista!
    Ahhh o Rocknbeats é tudo de bom <3

    ResponderExcluir
  2. Não vi esse livro ainda mais parece ser bom eu irei procurar faz tempo que não leio livro pois agora arrumei trabalho e tem o blog pra atualizar e em fim kkk ja marquei o nome ja pra procurar aqui na minha parada cidade em bora ela seja grande mal se encontra as coisas kkk
    http://meninasperfeitas01.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure sim, você não vai se arrepender *-* e eu te entendo totalmente iuahsuia

      Excluir
  3. Só com essa ilustra fofa + este quote esse livro praticamente conquistou um lugarzinho no meus desejados, quando cheguei ao fim da tua resenha e você disse que terminou o livro com vontade de ser amiga do Leornard me conquistou de vez. Agora é torcer para ele entrar em promoção.

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comprei ele na promoção na época hehe se não me engano está em promo no submarino <3

      Excluir
  4. Nossa! Esse livro parece sinistro e ao mesmo tempo interessante! hahaha fiquei com vontade de ler e ao mesmo tempo não. Que loucura! haha
    Amei teu blog!
    Meu Blog
    Página no Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IAUSHUA eu te entendo completamente, tem livros que me causam isso xD
      obrigada <3

      Excluir
  5. Que projeto legal! Esse livro deve ser legal, adoro os livros desse autor <3 Adorei o blog, seguindo aqui. Beijoos

    http://senhoritadeallstar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só li esse dele por enquanto, mas ja amei <3

      Excluir
  6. Sua resenha foi tão bem feita, que me despertou curiosidadeee e quero ler o livro, amei o blog e segui beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderExcluir